21 dezembro 2008

É Natal, mas o que que muda?

O Natal esta batendo à porta, quase entrando, fico feliz pois significa que o ano (que eu já estou de saco cheio) esta acabando.

Normalmente todo mundo fica feliz, ansioso, etc. As crianças entram em estase, os adultos ficam alegres, bebendo comendo, e parece que o mundo é lindo, e todo mundo é feliz.

Caralho, o Natal é uma data comercial do cacete, quase ninguém lembra que a data foi criada para comemorar o nascimento de Jesus Cristo. (Quase) Todos estão preocupados com suas belas festas e em se encher de comida e bebida, e foda-se o resto do mundo. As crianças querem os brinquedos mais caros (elas não tem culpa nenhuma, afinal joguem isso pra elas engolirem), os "jovens" muitas vezes querem "presentes de status", coisas caras que farão com que os outros comentem sobre (não sou contra gostar de coisas caras, porém acho ridículo você querer algo só pra aparecer).

E terminando, o Papai Noel é uma invenção escrota, porque além de já começar a vida com uma mentira, existem várias pessoas onde o Bom Velhinho não passa. "Seja rico, ou seja pobre o velhinho sempre vem", isso é MENTIRA, porra, tem muita gente que odeia Natal, porque não pode ter nada do que aparece na TV.  Pra terminar, deixo vocês (meus, 3 ou 4 leitores) com uma bela "música natalina":

Papai Noel Filho Da Puta


Garotos Podres
Composição: Indisponível

Papai Noel filho da puta
Rejeita os miseráveis
Eu quero matá-lo!
Aquele porco capitalista

Presenteia os ricos
E cospe nos pobres
Presenteia os ricos
E cospe nos pobres

Papai Noel filho da puta
Rejeita os miseráveis
Eu quero matá-lo!
Aquele porco capitalista

Presenteia os ricos
E cospe nos pobres
Presenteia os ricos
E cospe nos pobres

Pobres, pobres...
Mas nos vamos seqüestrá-lo
E vamos matá-lo!

Por que?

Aqui não existe natal!
Aqui não existe natal!
Aqui não existe natal!
Aqui não existe natal!

Por que?

Papai Noel filho da puta
Rejeita os miseráveis
Eu quero matá-lo!
Aquele porco capitalista

Presenteia os ricos
E cospe nos pobres
Presenteia os ricos
E cospe nos pobres

1 argumentos:

Kalu disse...

Quando chega o Natal, eu penso: Agora já é depois? Rs
Beijo.