31 maio 2008

Buda, "não-religião", livro e timidez

Pra começar,

vai entender esse blog?
olha o titulo que eu dou para o post!

(Escrever cantando "Grey Street" tá complicado, mas eu não consigo parar.)

Ganhei ontem, (ou já era hoje? não lembro) um livro sobre a história de Buda que havia me sido "prometido" por um amigo, na verdade amigo esse de meu pai, mas com quem eu gosto bastante de conversar.

O livro é Buda - A História De Um Iluminado, escrito por Deepak Chopra, que também escreveu As Sete Leis Espirituais Do Sucesso. Pelo titulo vocês (meus 2 leitores) percebem que o livro conta a história de Buda, da qual eu não sei absolutamente nada, AINDA. O budismo é uma religião que me fascina bastante, pelo pouco que eu sei, os seus ensinamentos coincidem bastante com os meus ideais. Conversando uma vez com esse amigo, nos falamos sobre Sai Baba, O Avatar Do Amor, e sobre outras coisas ligadas a ideais e "pessoas iluminadas", e eu falei que eu me interessava pelo budismo, mas que me faltava conhecimento sobre o assunto, e me foi prometido um livro sobre Buda. Pois bem, já tenho o livro, devo começar a ler amanhã, apesar de não ter feito e nem farei nada de útil hoje, eu não comecei a ler ainda o livro, li um texto muito interessante que recebi junto com o livro, normalmente eu só leio de noite ou de madrugada, porque eu preciso de silêncio, mas hoje tem o último capitulo da novela (depois dessa eu não pretendo mais ver novelas) e tem o jogo do Brasil, portanto o livro ficará para semana que vem.

Bem, já falei do livro e de Buda, falta timidez e "não-religião", ?

Se você me perguntar qual é minha religião minha resposta deve ser: "eu sou o que eu acredito", logo eu não tenho religião, minha religião é seguir meus ideais, e posso passar por crenças diversas e pegar o que eu acho valido em cada uma, fora isso, o que eu penso e acho certo também muito. E tenho uma teoria que diz que Deus não existe, mesmo sem ser ateu (outra hora eu explico, ou não) ou seja eu não tenho religião.

Agora a parte da timidez,
hoje na hora de ligar para agradecer o livro foi horrível, apesar de conhece-lo pessoalmente, conversar com ele várias vezes na hora de ligar eu estava cheio de medo. Ele não estava em casa, eu deixei o recado com a esposa dele, até que acho que foi mais fácil.

Agora deixa eu lanchar e terminar de ver o último capitulo da novela com mais calma.

4 argumentos:

Ana disse...

Leia. Esse livro é ótimo, independente d e nossa religião, esse livro nos faz refletir sobre valores que valem pra todos
http://ananicolau.blogspot.com

cesinha x] disse...

também não tenho religião
nem o próprio ateísmo se é chamado de religião. :O
bem legal seu blog
sempre melhorando x]

Leandro Munis disse...

Grande amigo, se você se interessou pelo budismo, acoselho "1001 pérolas de sabedoria budista", um livro fácil de entender e muito bem explicado.

Qualquer dúvida sobre o assunto é só falar comigo. Abraço.

http://28onze82.blogspot.com

Anônimo disse...

http://site.ru - [url=http://site.ru]site[/url] site
site