29 maio 2008

Morte E Vida (Ou vivo-morto e morto-vivo)

O que é a morte para você?

Para muitos é o fim, pra outros o inicio, há alguns que achem que é apenas o meio, meio a que eu não sei, há pessoas que buscam a morte como resposta, caminho para "morrendo, poder viver melhor", outros fogem o máximo possível dela, assim como o vampiro foge da cruz, querendo ser imortal.Imortal, eu já quis ser, desisti, deve ser chato pra caralho ser como Raul Seixas e Paulo Coelho, viver mais de 10 mil anos e saber demais sobre tudo e sobre todos, e ai? o que que você faz com essa sabedoria toda? enfia aonde?Tem aqueles que tentam adiar o maximo, faz inúmeras plásticas e transplantes, reza a lenda, ou melhor, dizem as más línguas que Roberto Marinho com seus 90 e muitos anos ainda mantinha relações sexuais, Viagra, você pensou, não, ele tinha uma "bomba" que quando bombeada, fazia seu órgão funcionar. Eu pergunto: pra quê? já não estava na hora de morrer?Uma coisa que eu detesto, ah Fulano morreu com 36 anos, tão novinho, nem pode aproveitar a vida direito. CARALEO, 36 anos é pouco? não dá para aproveitar a vida? qualquer dia vão dizer: é, morreu jovem 94 anos, nem teve tempo de nada.Pois bem, tem aqueles que já morreram, mas não foram avisados do óbito, e ficam vagando pela terra sem fazer nada de útil, às vezes eu me sinto assim, e tem aqueles que morrem porque resolveram aproveitar demais a vida, e lavá-la ao máximo do limite ao seu alcance, tando ali lado-a-lado com a morte, até que um dia passam para o lado da morte.Eu não sei nem porque eu estou escrevendo isso, de repente esse texto me soou muito mórbido, o blog nasceu hoje, há poucas horas, mas já fala de morte, da sua própria morte talvez, não sei, afinal, nem sei ao certo porque esse blog nasceu!

2 argumentos:

ThaizOca disse...

É, em tempos modernos, se questionar se a morte é o começo ou o fim, virou uma problemática pra qualquer mero 'mortal'.

simone disse...

Morrer não é o problema.
O duro é viver com a morte.