02 outubro 2008

Dave Matthews Band - O Show

Eu pensei váriar vezes em o que escrever aqui e como descrever, mas não consegui chegar a uma conclusão, tentarei fazer isso agora, com a ajuda do Orkut, porque eu não vou lembrar tudo, no caminho aqui para o trabalho eu lembrei algumas coisas que mereciam ser faladas, mas já esqueci, vamos lá:

Foi um show emocianante para todos, fãs e a banda. Fizemos uma homenagem para o LeRoi Moore, saxofonista da banda, que faleceu há pouco tempo, devido a um acidente de quadriciclo em seu sítio. Na hora que a banda voltou para o bis, levantamos e jogamos bolas brancas e gritamos LeRoi, LeRoi. Foi emocinante ver o Dave falar "LeRoi is here", e se eu não me engano ele chorou.



O saxofonista que esta tocando com eles, Jeff Coffin, do Bela Fleck & The Flecktones, é simplesmente maravilhoso, além do cara ter uma barbixa que me deu uma puta inveja, o cara toca dois saxofones ao mesmo tempo, eu já tinha lido no Orkut, mas não acreditei, porém quando eu vi, CARALHO, nem sei o que dizer.

Foi o maior show da história da banda, com 210 minutos, 3 horas e meia de show, como esta no meu nome no Orkut, foi orgasmático. Merecia muito virar um DVD, não só pelo lado emocional d'eu estar lá, mas avaliando o show, o setlist, o tempo de show e a cara do Dave quando fizemos a homenagem ao LeRoi. Reza a lenda que o show vai virar um CD da série Live Trax, que em breve sairá o volume 13, quem sabe o volume 15 não é o do show no Rio?

Um cara do Orkut filmou o show todo, eu acho, quem sabe não rola um DVD pirata pra galera que foi ao show?

Agora algumas coisas que aconteceram no show:

1 - cheguei cedo pra caramba, como não conhecia a casa de shows eu fui andando e olhando o local, dei mole, devia ter corrido e grudado logo na pista VIP, mas fiquei pertinho, porém, como estava sozinho e meu amigo não chegava fui ligar pra ele pra dar as cordenadas de onde eu estava, como não tinha espaço dei dois passos pra trás, e ai várias pessoas "se materializaram" na minha frente e eu fui parar bem atrás de onde estava.

2 - eu vi o Daniel, da Turma Do Didi, todo grosso, querendo entrar na pista VIP, pelo lugar errado (tinha uma entrada separada pra pista VIP), empurrando todo mundo enquanto pedia licensa, ou seja, pedia licensa empurrando as pessoas, eu vi isso e dei dois passos pra frente, não dando condição dele passar por ali, ele até tentou, mas o que conseguiu foi ganhar uma cotevelada minha (sim, eu dexei de lado os ensinamentos budistas do não-agir), e ai saiu de lá.

3 - não achei o meu amigo, vi o show todo "sozinho", depois fui saber que ele foi parar bem onde eu estava.

4 - eu chorei quando tocaram So Damn Lucky.

É isso,
tive que parar no meio pra fazer outras coisas e perdi "a linha de raciocinio".

3 argumentos:

artificio_al disse...

Chorou? que muinitinho rsrsrs

Kinha disse...

Eu também fui! Também chorei, e também não consegui encontrar palavras pra descrever o que foi ver aquele show...
foi perfeito, indiscritível =P
E eu achei a sua mensagem no orkut do Rodrigo Simas.
Espero que você não se incomode com a intromissão ;)

artificio_al disse...

Nhã
pelo contrario,sou muitooo chorona ...
Só achei munitinho ué rsrsrs
não pode?
Meu coração não é de pedra =/