10 junho 2008

Hoje eu acordei mais cedo...

...tomei sozinho um chimarrão, procurei a noite na memória, procurei em vão", olhei para a janela, chovia a aquela hora, a vontade de levantar eu já não tinha [afinal de contas as vezes é assim, pelo menos comigo, não sinto vontade de levantar e sair para viver], olha o sol lá fora chegando para queimar a madrugada, pensei eu; mas eu prefiro a lua, à noite fico mais solitário, melâncolico, pensando comigo mesmo o que eu poderia ser hoje se eu não tivesse sido o que eu fui no passado. Não aguento meus proprios pensamentos me torturando, vou até a cozinha prepar um leite quente com ácido (LSD), aprendi no A Laranja Mecânica, para poder enxergar o mundo melhor, de forma tal que eu o compreenda, em meio as alunações e cores diferentes tudo parece claro pra mim, eu me sinto parte desse mundo, coisa que não acontece quando estou lucido, mesmo que a lucidez não seja o meu forte. As coisas coloridas me dão mais vontade de viver, as alucinações me fazer sentir-se acompanhado. Olho uma faca afiada em cima da mesa da cozinha e tenho vontade de me matar, mas não o faço, vou passear na rua e pensar que a vida é bela. Por estar sob o efeito de substâncias quimicas, tudo me parece belo, o que não acontece quando estou lucido. Vejo um ser humano altamente atraente, mas por estar sob o efeito das drogas não consigo distinguir seu sexo, mas não importa, pensei eu, afinal vai ser culpa do ácido. Desmaei.

Acordo em minha cama assustado, com a calça melada, sem saber o que é realidade ou não, já que tudo me pareceu tão real.

É as vezes os sonhos são uma fuga da realidade, e as vezes o melhor é viver essa fuga!

2 argumentos:

post disse...

você realmente tomou leite quente com ácido pra escrever isso...
mas tá legal, uashaush

beijos!

Nina Brum disse...

bom 1º Mr. Big é "Big" pois , contéudo inapropriado

entendeu? simples né.
e sobre acordar pra realidade... ah eu não sei aqui já é tarde de mais, peguei no sono eterno.

Abraço.