12 junho 2008

A Porta

foto furtada daqui


Uma porta se abre, logo outra se fecha
Em entro em meu apartamento
Que me parece um labirinto
Eu tento fugir, mas não consigo
Pois estou preso
Penso: preso estou
Perdi o mapa, não acho a saída
Por que ficando escuro tudo está?
Lá,
Onde eu não consigo enxergar é lá
Lá, é onde eu quero estar
Mas lá eu nunca chego, esbarro nas paredes desse labirinto
Tudo fica preto e distante, e eu não consigo mais imaginar lá
De repente se abre outra porta em minha frente
Ela eu tento eu alcançar para passar para o outro lado de lá
Lá estou chegando, estou cada vez mais próximo
Já vejo a maçaneta, estou a poucos passos para passar para o outro lado de lá
Corro, tropeço, a porta se fecha
Percebo que lá eu nunca vou chegar
E por fim, me rendo a chorar, sem mais esperanças de um dia chegar...lá


Explicação: a pessoa estava presa dentro de um sonho e não conseguia, ou não queria acordar, e por isso nunca alcançava a porta para chegar lá, lá seria fora do sonho, a realidade.

1 argumentos:

*.*Allegr!a*.* disse...

Poesia...
Metáforas...
Não explique, poeta!
Não dê o mapa do labirinto de suas palavras!
decifra-te e devora um mundo além do óbvio!
Caminhe no tapete das idéias!

Ps: não explique, poeta!
Beijo